INÍCIO BÍBLIA ONLINE SNT SEPTUAGINTA NOVO TESTAMENTO
AUXÍLIOS BÍBLICOS DICIONÁRIO BÍBLICO TERMOS DE USO
Gênesis Êxodo Levítico Números Deuteronômio Josué Juízes Rute
1 Samuel 2 Samuel 1 Reis 2 Reis 1 Crônicas 2 Crônicas Esdras Neemias
Ester Salmos Provérbios Eclesiastes Cântico dos Cânticos Isaías
Jeremias Lamentações de Jeremias Ezequiel Daniel Oséias Joel Amós Obadias
Jonas Miquéias Naum Habacuque Sofonias Ageu Zacarias Malaquias
1 Macabeus
Mateus Marcos Lucas

quarta-feira, 31 de maio de 2017

Septuaginta - Ezequiel - Capítulo 44

1 Então ele me fez voltar pelo caminho da porta exterior do santuário, que olha para o oriente; e ela estava fechada.
2 E o Senhor me disse: "Esta porta ficará fechada, não deverá ser aberta, e ninguém passará por ela; porque o Senhor Deus de Israel entrará por ela, portanto deverá permanecer fechada.
3 Com respeito ao príncipe, ele deverá sentar-se nela, para comer o pão diante do Senhor; ele deverá entrar pelo caminho do vestíbulo da porta, e sairá pelo caminho da mesma."
4 E ele me levou pelo caminho da porta que olha para o norte, em frente à casa; e olhei, e eis que a casa estava cheia da glória do Senhor. E caí sobre o meu rosto.
5 E o Senhor disse-me: "Filho do homem, atenta com o teu coração, e vê com os teus olhos, e ouve com os teus ouvidos, tudo quanto Eu te digo, de acordo com todas as ordenanças da casa do Senhor, e todos os seus regulamentos; e atentarás bem à entrada da casa, de acordo com todos as suas saídas, e em todas as coisas santas.
6 E dirás à casa rebelde, à casa de Israel: Assim diz o Senhor Deus: Basta-vos de ter cometido todas as vossas iniquidades, ó casa de Israel!
7 Pois trouxestes estrangeiros, incircuncisos de coração e incircuncisos de carne, para estarem no meu santuário e para o profanarem, quando oferecestes pão, carne e sangue; e vós transgredistes a minha aliança com todas as vossas iniquidades;
8 e designastes estrangeiros para manter os encargos em meu santuário.
9 Portanto, assim diz o Senhor Deus: Nenhum estrangeiro, incircunciso de coração ou incircunciso de carne, entrará no meu santuário, de todos os filhos dos estrangeiros que estão no meio da casa de Israel.
10 Mas, quanto aos levitas que se afastaram para longe de mim quando Israel se extraviou de mim indo atrás de suas imaginações, eles levarão a sua iniquidade.
11 Contudo, eles ministrarão no meu santuário, sendo porteiros às portas da casa, e servindo-a; eles matarão as vítimas e os holocaustos para o povo, e estarão perante o povo, para ministrar.
12 Porque ministraram a eles diante dos seus ídolos, e isto tornou-se para a casa de Israel um castigo da sua iniquidade; por isso Eu levantei a minha mão contra eles, diz o Senhor Deus.
13 E não se aproximarão de mim, para me servirem no ofício de sacerdotes, nem se aproximarão das coisas sagradas dos filhos de Israel, nem se aproximarão de meu santo dos santos; mas levarão o seu opróbrio, pelo erro que cometeram.
14 Mas deverão trazê-los para manter os encargos da casa, para todo o serviço dela, e para tudo o que eles deverão fazer.
15 Os sacerdotes, os levitas, filhos de Zadoque, que mantiveram os encargos de meu santuário quando a casa de Israel se extraviou de mim, eles deverão aproximar-se mim para me servirem, e estarão diante de minha face para oferecerem-me sacrifícios, a gordura e o sangue, diz o Senhor Deus.
16 Estes entrarão no meu santuário, estes deverão aproximar-se da minha mesa, para me servirem; e guardarão os meus encargos.
17 E sucederá, quando entrarem pelas portas do átrio interior, que se vestirão de mantos de linho; e eles não deverão colocar roupas de lã quando ministrarem na porta do átrio interior.
18 E eles terão mitras de linho sobre as suas cabeças, e terão calções de linho sobre os seus lombos; mas não se cingirão apertadamente.
19 E quando saírem ao átrio exterior, indo para o povo, eles deverão tirar as suas vestes, com as quais ministram; e as porão nas câmaras do santuário, vestindo-se de outras vestes, para que não santifiquem o povo com as suas vestes.
20 E não rasparão a cabeça, nem deverão arrancar-lhe os cabelos; porém, deverão cobrir as suas cabeças, cuidadosamente.
21 E nenhum sacerdote beberá qualquer vinho, quando vierem para o átrio interior.
22 E não tomarão para si uma esposa que é viúva, ou aquela que é repudiada, mas uma virgem da descendência de Israel; porém, se acontecer de ser ela a viúva de um sacerdote, deverão tomá-la.
23 E ensinarão ao meu povo a distinguir entre o santo e o profano, e dar-lhes-ão a conhecer a diferença entre o imundo e o limpo.
24 E eles são os que deverão presidir a um julgamento de sangue, para decidi-lo; eles deverão observar corretamente os meus juízos, julgar os meus juízos e guardar os meus estatutos e os meus mandamentos, em todas as minhas festas; e santificarão os meus sábados.
25 E eles não entrarão onde estiver o corpo de um homem morto, para se contaminarem; um sacerdote poderá contaminar-se somente por um pai, ou por uma mãe, ou por um filho, ou por uma filha, ou por um irmão, ou por sua irmã que não se tenha casado.
26 E depois que ele for purificado, que ele conte para si mesmo sete dias.
27 Em qualquer dia em que entrarem no átrio interior, para ministrar no lugar santo, eles trarão uma propiciação, diz o Senhor Deus.
28 E isto será para eles por herança: Eu serei a sua herança, e não lhes será dada possessão entre os filhos de Israel; porquanto Eu sou a sua possessão.
29 E eles comerão as ofertas de manjares, e as ofertas pelo pecado, e as ofertas pela culpa; e toda oferta especial em Israel será deles.
30 E dos primeiros frutos de todas as coisas, e dos primogênitos de todos os animais e de todas as ofertas, de todos os seus primeiros frutos haverá uma porção para os sacerdotes; também dareis as vossas primícias para o sacerdote, para ele trazer sua bênção sobre as vossas casas.
31 E os sacerdotes não comerão nenhuma ave ou animal que morre por si mesmo, ou que tenha sido tomado de animais selvagens."

Nenhum comentário: