INÍCIO BÍBLIA ONLINE SNT SEPTUAGINTA NOVO TESTAMENTO
AUXÍLIOS BÍBLICOS DICIONÁRIO BÍBLICO TERMOS DE USO
Gênesis Êxodo Levítico Números Deuteronômio Josué Juízes Rute 1 Samuel 2 Samuel 1 Reis 2 Reis 1 Crônicas 2 Crônicas Esdras Neemias Ester Salmos Provérbios
Eclesiastes Cântico dos Cânticos Isaías Jeremias Daniel
Mateus Marcos Lucas

sexta-feira, 24 de março de 2017

Septuaginta - Jeremias - Capítulo 5

1 "Andai pelas ruas de Jerusalém, ao redor, e vede, e procurai saber; buscai em suas praças para ver se ireis encontrar alguém, se há qualquer um que pratica a justiça e busca a fidelidade; e Eu irei perdoá-los, diz o Senhor.
2 "O Senhor vive," dizem eles. Não juram eles, portanto, em falso?"
3 Ó Senhor, os teus olhos estão sobre a fidelidade; Tu os açoitaste, mas não lhes doeu; Consumiste-os, porém, não quiseram receber a correção; têm, eles, as suas faces mais duras do que uma rocha, e não iriam arrepender-se.
4 Então eu disse: "Pode ser que seja assim porque eles são pobres, e estão enfraquecidos. Por isto, não conhecem o caminho do Senhor, ou o juízo de Deus.
5 Irei aos homens ricos e falarei com eles, porquanto conhecem o caminho do Senhor e o juízo de Deus. Entretanto, eis que com uma só mente eles quebraram o jugo e romperam as correntes.
6 Por isto, um leão da floresta irá feri-los, um lobo os destruirá e as suas casas, e um leopardo estará de vigia contra as suas cidades: todo aquele que delas sair será caçado: pois multiplicaram a sua impiedade, fortaleceram-se na sua revolta.
7 Como Eu iria perdoar-te por estas coisas? Os teus filhos me deixaram, e juraram pelos que não são deuses. No entanto, Eu os alimentava fartamente; mas cometeram adultério, e alojaram-se em casas de meretrizes.
8 Tornaram-se semelhantes a cavalos devassos, relinchando, cada um deles, à mulher do seu próximo.
9 Não hei de visitá-los por estas coisas?" diz o Senhor. "E não me vingarei de uma nação tal como esta?
10 Sobe para cima de suas ameias, e fende-as; porém, não faças uma destruição completa. Deixa em pé os seus contrafortes, porque são do Senhor.
11 Pois a casa de Israel, verdadeiramente, portou-se aleivosamente contra mim, diz o Senhor; e a casa de Judá também
12 tem mentido para seu Senhor. E eles disseram: "Tal coisas não são assim. Nenhum mal nos sobrevirá, e não veremos espada nem fome.
13 Nossos profetas tornaram-se vento, e a palavra do Senhor não estava neles."
14 Portanto, assim diz o Senhor Todo-Poderoso: "Visto que tendes falado esta palavra, eis que tenho feito minhas palavras na tua boca em fogo, e a este povo em lenha, e serão consumidos.
15 Eis que trarei sobre vós uma nação vinda de longe, ó casa de Israel," diz o Senhor; "uma nação cujo som de sua língua não entendereis.
16 São, todos eles, homens poderosos;
17 devoram a vossa colheita e o vosso pão, e hão de devorar os vossos filhos e filhas; eles devorarão as vossas ovelhas e os vossos bezerros, os vossos vinhedos, as vossas plantações de figueiras e os vossos olivais; e irão destruir totalmente, pela espada, as cidades fortes nas quais confiastes.
18 Mas sucederá que, naqueles dias," diz o Senhor teu Deus, "Eu não vos destruirei.
19 E virá a acontecer, quando te disserem: "Por que o Senhor nosso Deus fez todas estas coisas?" que lhes dirás: "Porquanto servistes a deuses estranhos na vossa terra, da mesma forma servireis aos estrangeiros em terra que não é a vossa."
20 Anunciai essas coisas para a casa de Jacó, e sejam elas ouvidas na casa de Judá."
21 Ouvi agora estas coisas, ó povo louco e insensato, que têm olhos e não vê; que tem ouvidos e não ouve:
22 "Não devereis ter medo de mim?" diz o Senhor. "Não temereis diante de mim, que pus a areia por um limite ao mar, por estatuto perpétuo, para que ele não deva ultrapassá-lo? Sim, ele se enfurecerá, porém, não prevalecerá; suas ondas rugirão, mas não passarão por ela.
23 Entretanto, este povo tem um coração desobediente e rebelde; eles se desviaram e voltaram para trás,
24 e não disseram no seu coração: "Temamos, agora, ao Senhor nosso Deus, que nos dá a chuva temporã e a serôdia, de acordo com a época de cumprimento da ordenança da colheita, e a tem preservado para nós."
25 Vossas transgressões removeram estas coisas, e os vossos pecados afastaram de vós as coisas boas.
26 No meio do meu povo foram encontrados homens ímpios; eles fizeram armadilhas para destruir os homens, e os apanharam.
27 Como um laço que foi estendido fica cheio de pássaros, assim as suas casas estão cheias de dolo; por isso, cresceram muito e tornaram-se ricos.
28 Eles transgrediram a regra de julgamento; não julgaram a causa do órfão, nem tem julgado a causa da viúva.
29 Não hei de visitá-los por estas coisas?" diz o Senhor; "e não me vingarei de uma nação tal como esta?
30 Fatos chocantes e horríveis têm sido feitos sobre a terra;
31 Os profetas profetizaram injustamente, os sacerdotes bateram palmas e o meu povo tem amado que seja assim. Entretanto, o que fareis quanto ao vosso futuro?"

Septuaginta - Jeremias - Capítulo 4

1 Se Israel quiser voltar para mim, diz o Senhor, ele poderá voltar. Se remover as abominações de sua boca, sentindo temor diante de mim, e jurar, dizendo
2 "o Senhor vive" em verdade, justiça e retidão, então, por causa dele serão abençoadas as nações, por sua causa deverão louvar a Deus em Jerusalém.
3 Porque assim diz o Senhor aos homens de Judá e aos habitantes de Jerusalém: "Lavrai para vós um campo novo, e não semeeis entre os espinhos.
4 Circuncidai-vos para o vosso Deus; circuncidai a dureza dos vossos corações, ó homens de Judá e habitantes de Jerusalém, para que o meu furor não queime como fogo sem haver quem o apague, por causa da maldade de vossas obras.
5 Anunciai em Judá e fazei com que seja ouvido em Jerusalém, dizendo: "Soai a trombeta na terra." Gritai em voz alta, dizendo: "Reuni-vos, e entremos nas cidades fortificadas."
6 Ajuntai as vossas mercadorias e fugi para Sião; não permaneceis, porque trarei males do norte e uma grande destruição.
7 O leão vai subindo de seu covil, levantou-se para a destruição das nações, saiu do seu lugar para fazer a terra desolada. As cidades serão destruídas, de modo a ficarem sem habitantes.
8 Por causa destas coisas, cingi-vos de vestidos de sacos, lamentai e uivai. Porque a ira do Senhor não se desviou de vós.
9 E sucederá, naquele dia," diz o Senhor, "que o coração do rei irá desfalecer, assim como o coração dos príncipes; os sacerdotes estarão surpreendidos e os profetas ficarão estupefatos."
10 E eu disse: "Senhor soberano, em verdade, Tu tens enganado a este povo e a Jerusalém, dizendo: "Haverá paz." Pois eis que a espada atingiu até mesmo a sua alma."
11 Naquele tempo, dir-se-á a este povo e a Jerusalém: "Há, no deserto, um espírito de erro; o caminho da filha do meu povo não é de pureza nem de santidade.
12 Porém, um espírito de vingança completa virá sobre mim. Eu, agora, declaro meus juízos contra eles."
13 "Eis que vem subindo como uma nuvem, e os seus carros como uma tempestade. Os seus cavalos são mais ligeiros do que as águias. Ai de nós! pois tornamo-nos miseráveis."
14 Limpa o teu coração da maldade, ó Jerusalém, para que sejas salva. Por quanto tempo, ainda, abrigarás os teus maus pensamentos dentro de ti?
15 Porque uma voz virá de Dã, fazendo uma proclamação, e do monte de Efraim virão novas de grandes problemas.
16 Lembrai-vos das nações: Eis que estão vindo! Proclamai-o em Jerusalém, que os exércitos estão se aproximando, vindos de uma terra longínqua, e tem proferido a sua voz contra as cidades de Judá.
17 Como guardadores de um campo, eles a cercaram. "Porquanto tu, diz o Senhor, me tens negligenciado.
18 Teus caminhos e as tuas obras trouxeram essas coisas contra ti; esta é a tua maldade. Eis que ela é amarga, e tem chegado ao teu coração.
19 Estou com dores em minhas entranhas. Minhas entranhas! Os poderes sensíveis do meu coração! A minha alma está em grande comoção, o meu coração está partido. Não ficarei calado, pois eis que a minha alma ouviu o som de uma trombeta, o grito de guerra e de aflição, convidando à destruição.
20 Pois toda a terra está angustiada. De repente, o meu tabernáculo foi angustiado e minhas cortinas rasgadas em pedaços.
21 Até quando verei os fugitivos e ouvirei o som da trombeta?
22 Porquanto os príncipes de meu povo não me conhecem, são filhos néscios e ignorantes; são sábios somente para fazer o mal, entretanto, a maneira de fazer o bem eles não conheceram."
23 Olhei para a terra, e eis que ela não era; para o céu, e não havia luz nele.
24 Olhei para os montes, e eles tremiam, e enxerguei todas as colinas em comoção.
25 Olhei, e eis que não havia homem algum, e todas as aves do céu estavam aterrorizadas.
26 Olhei, e eis que o Carmelo era um deserto, e as cidades, todas, estavam queimados com fogo na presença do Senhor, e na presença de sua ira foram totalmente destruídas.
27 Assim diz o Senhor: "Toda a terra ficará assolada; contudo, não irei trazer uma destruição final.
28 Que a terra se lamente por estas coisas, e que o céu, acima, se escureça! Porque falei, e não me arrependerei; Determinei, e não irei voltar atrás.
29 Toda a terra tem recuado por causa do barulho do cavaleiro e por causa do vergar do arco; eles têm ido para as cavernas e se escondido nos bosques, e subiram em cima das rochas. Todas as cidades foram abandonadas, homem algum habita nelas.
30 Mas tu, o que farás? Ainda que vistas a ti mesmo de púrpura e adornes-te com ornamentos de ouro, ainda que enfeites os teus olhos com pinturas, tua beleza será em vão. Os teus amantes te rejeitaram, eis que eles buscam a tua vida.
31 Pois tenho ouvido o teu gemido como a voz de uma mulher em trabalho de parto, como a daquela que traz à luz o seu primeiro filho. A voz da filha de Sião falhará por sua fraqueza, e ela deverá perder a força de suas mãos, dizendo: "Ai de mim! pois a minha alma desfalece por causa da matança.""

quinta-feira, 23 de março de 2017

Septuaginta - Jeremias - Capítulo 3

1 Se um homem repudiar sua mulher e ela afastar-se dele, ajuntando-se a outro homem, deverá ela, ainda, retornar para ele? não seria, com isto, aquela mulher completamente contaminada? contudo, tu tens te prostituído com muitos pastores, e ainda tens voltado para mim, diz o Senhor.
2 Levanta os teus olhos e olha para adiante de ti, e vê: onde é que não foste totalmente contaminada? Pois te assentaste à espera deles como um corvo solitário, e profanaste a terra com as tuas fornicações e a tua maldade.
3 Tiveste muitos pastores que se tornaram uma pedra de tropeço para ti, tens a face de prostituta, e perdeste a vergonha para com todos.
4 Porventura não me invocaste como se Eu fosse o teu lar, pai e guia do tempo da tua virgindade?
5 Continuará a ira de Deus para sempre, ou será ela preservada até o fim? Eis que tens falado e feito essas coisas ruins, tendo poder para fazê-las."
6 E o Senhor disse-me, nos dias de Josias, o rei: "Tens visto o as coisas que a casa de Israel tem feito para mim? pois eles tem ido para todo monte alto, e para debaixo de cada árvore frondosa, e se prostituíram nestes lugares.
7 Mas Eu disse, depois que ela tinha cometido todos esses atos de fornicação: "Volta para mim." No entanto, ela não voltou. E a infiel Judá enxergou a sua infidelidade.
8 Então vi que, por todos os pecados a respeito dos quais ela foi condenada, nos quais a casa de Israel cometeu adultério, Eu a repudiei, dando em suas mãos uma carta de divórcio; e ainda assim a infiel Judá não temeu, mas foi e prostituiu-se, igualmente.
9 A sua prostituição, porém, não foi considerada; e ela cometeu adultério com madeira e pedra.
10 Apesar de todas estas coisas a infiel Judá não se voltou para mim de todo o seu coração, mas falsamente."
11 E o Senhor me disse: "Israel justificou a si mesma mais do que a infiel Judá.
12 Vai e lê estas palavras, olhando para o norte, e diz: "Volta para mim, ó casa de Israel, diz o Senhor, e Eu não porei a minha face contra ti. Porque misericordioso sou, diz o Senhor, e não ficarei irado contigo para sempre.
13 No entanto, reconhece a tua iniquidade, na qual tens pecado contra o Senhor, teu Deus, alargando os teus caminhos para os estranhos debaixo de cada árvore frondosa; e não ouviste a minha voz, diz o Senhor.
14 Retornai, vós, filhos revoltosos, diz o Senhor; pois irei governá-los, tomando um de uma cidade, e dois de uma família, e vos levarei para Sião.
15 Dar-vos-ei pastores segundo o meu coração, os quais, certamente, vos conduzirão com entendimento.
16 E sucederá que, quando vos multiplicardes e tiverdes frutificado na terra, diz o Senhor, naqueles dias não se dirá mais: "A arca da aliança do Santo de Israel." Pois ela não mais será lembrada, não poderá ser nomeada nem visitada; isto não mais acontecerá.
17 Naqueles dias e naquele tempo chamarão a Jerusalém O Trono do Senhor, e todas as nações serão reunidas a Ele; não mais Irão andar após a imaginação de seus corações malignos.
18 Naqueles dias, a casa de Judá ajuntar-se-á à casa de Israel, e elas virão, juntas, da terra do norte e de todos os países para a terra que Eu fiz seus pais herdarem."
19 Então eu disse: "Assim seja, Senhor, pois disseste: "Colocar-te-ei entre os filhos e dar-te-ei a terra escolhida, a herança do Todo-poderoso Deus dos gentios. Pois, disse Eu, chamar-me-eis de Pai, e nunca mais vos afastareis de mim.""
20 "No entanto, como a mulher age traiçoeiramente contra o seu marido, da mesma forma tem a casa de Israel se portado aleivosamente contra mim," diz o Senhor.
21 Uma voz dos lábios foi ouvida, de choro e súplicas, dos filhos de Israel, porque eles têm andado injustamente nos seus caminhos, e se esqueceram de Deus, o seu Santo.
22 "Voltai, vós, filhos, que sois destinados ao retorno, e Eu irei curar vossas feridas." "Eis que nós seremos teus servos, porque tu és o Senhor nosso Deus.
23 Certamente, as colinas e a força das montanhas eram um refúgio enganoso, mas no Senhor, nosso Deus, está a salvação de Israel.
24 Porém, a vergonha consumiu os trabalhos de nossos pais desde a nossa mocidade; suas ovelhas e suas crias, seus filhos e suas filhas.
25 Temos deitado em nossa vergonha, e a nossa desgraça nos cobriu: porquanto nós e nossos pais pecamos diante de nosso Deus, desde a nossa mocidade e até o dia de hoje, não dando ouvidos à voz do Senhor, nosso Deus.

Septuaginta - Jeremias - Capítulo 2

1 E ele disse: "Assim diz o Senhor:
2 "Lembro-me da afeição da tua mocidade e do amor dos teus desposórios,
3 em seguir o Santo de Israel," diz o Senhor. "Israel era um povo consagrado ao Senhor, e as primícias de sua abundância; todos os que o devoravam ​​ofendiam-no; males viriam sobre eles," diz o Senhor.
4 Ouvi a palavra do Senhor, ó casa de Jacó, e todas as famílias da casa de Israel!
5 Assim diz o Senhor: "Que transgressão acharam vossos pais em mim, que eles se revoltaram afastando-se de mim, indo após vaidades e tornando-se levianos?
6 Pois eles não disseram: "Onde está o Senhor, que nos tirou da terra do Egito, guiando-nos pelo deserto, por uma terra desconhecida e sem trilhas, uma terra pela qual nenhum homem havia passado, e ninguém ali, ainda, habitara?"
7 E Eu vos trouxe para o Carmelo para que comêsseis os seus frutos e as suas coisas aprazíveis; vós, contudo, entrastes e contaminastes a minha terra, e da minha herança fizestes uma abominação.
8 Os sacerdotes não disseram: "Onde está o Senhor?" e os que se guiavam pela lei não me conheceram; os pastores, também, pecaram contra mim, e os profetas profetizaram por Baal, indo após aquilo que em nada lhes lucrava.
9 Portanto, Eu irei, ainda, pleitear convosco e entrarei em juízo com os filhos de vossos filhos.
10 Ide, portanto, para as ilhas dos cíprios e vede; enviai mensageiros à Quedar e observai atentamente, e vede se essas coisas foram feitas;
11 se iriam as nações mudar os seus deuses, embora deuses eles não sejam. Mas o meu povo trocou a sua glória por aquilo que de nada lhes aproveita.
12 O céu está surpreso com isso, e extremamente horrorizado," diz o Senhor.
13 "Porque o meu povo cometeu duas faltas, e das piores: a mim me deixaram, o manancial de água da vida, e talharam para si mesmos cisternas rotas, que não são capazes de reter a água.
14 É Israel um servo ou um escravo nascido em casa? Por que motivo tornou-se ele um despojo?
15 Os leões rugiram sobre ele, e ouviu-se a sua voz; fizeram da sua terra um deserto e as suas cidades foram derrubadas para que não mais devessem ser habitadas.
16 Também os filhos de Mênfis e de Tafnes te tem conhecido, e zombaram de ti.
17 Não foi porque me abandonaste que essas coisas vieram sobre ti?" diz o Senhor, teu Deus.
18 "Agora, pois, o que tens tu a ver com o caminho do Egito, para beberes a água do Nilo? e o que tens tu a ver com o caminho dos assírios, para beber a água dos seus rios?
19 Tua apostasia te castigará, e a tua malícia te repreenderá; conhece isto, então, e vê, que o me haveres abandonado foi causa de amargura para ti," diz o Senhor, teu Deus; "portanto, Eu não tenho tomado nenhum prazer em ti," diz o Senhor, teu Deus.
20 "Pois desde a antiguidade tens quebrado o teu jugo, e fizeste em pedaços as tuas cadeias; e também disseste: "Eu não te servirei, porém, irei para todo outeiro alto, e debaixo de toda árvore frondosa, lá me entregarei às minhas fornicações!"
21 Contudo, Eu mesmo plantei-te, videira frutífera, do melhor tipo. Como, então, te tornas-te uma videira estranha, produtora de amargura!
22 Ainda que viesses a lavar-te com salitre e com sabão em grande quantidade, ainda assim estarias manchada por tuas iniquidades diante de mim," diz o Senhor.
23 Como poderias dizer: "Não estou poluída, e não tenho ido atrás Baal?" Contempla os teus caminhos no lugar das sepulturas, e sabe o que fizeste. Pois sua voz tem uivado à noite.
24 Ela tem estendido seus caminhos sobre as águas do deserto; partiu, apressada ​​pelas concupiscências de sua alma; é consagrada à elas, quem irá fazê-la arrepender-se? Nenhum daqueles que a procuram se cansarão; no momento da sua humilhação deverão encontrá-la.
25 Refreia os teus pés dos caminhos toscos, e a tua garganta da sede. Mas ela disse: "Fortalecer-me-ei;" pois ela amava os estranhos, e foi atrás deles.
26 Como a vergonha de um ladrão quando é capturado, assim os filhos de Israel serão envergonhados; eles, os seus reis, os seus príncipes, os seus sacerdotes e os seus profetas.
27 Pois disseram a um pau: "Tu és meu pai;" e à pedra: "Tu me geraste;" e viraram as costas para mim, mas não os seus rostos. Contudo, na época de suas aflições eles irão dizer: "Levanta-te, e salva-nos."
28 Entretanto, onde estão os teus deuses, que fizeste para ti? levantar-se-ão eles e te salvarão no tempo da tua aflição? Pois de acordo com o número das tuas cidades são os teus deuses, ó Judá; e de acordo com o número das ruas de Jerusalém sacrificaram a Baal.
29 Por que, então, falais a mim? Todos vós sois ímpios e tendes, todos, transgredido contra mim," diz o Senhor.
30 "Em vão castiguei os vossos filhos, porque não recebestes correção; a espada devorou ​​os vossos profetas como um leão destruidor, contudo, não tendes temido."
31 Ouvi a palavra do Senhor. Assim diz o Senhor: "Tenho sido Eu um deserto ou uma terra seca para Israel? Por que, então, o meu povo diz: "Não serei governado, e não mais me aproximarei de ti?"
32 Esquecer-se-á uma noiva de seus enfeites, ou uma virgem de seu cinto? Mas o meu povo se esqueceu de mim por inumeráveis ​​dias.
33 Que enfeite agradável ainda empregarás nos teus caminhos, para buscar o amor? Entretanto, não será assim. Ainda tens feito mal maior, corrompendo os teus caminhos:
34 em tuas mãos foi encontrado o sangue de almas inocentes; não encontrei-os em buracos, porém, em cada carvalho.
35 No entanto, tu disseste: "Eu sou inocente. Tão somente que a sua ira se desvie de mim." Eis que entrarei em juízo contigo, apesar de haveres dito: "Não pequei;"
36 pois foste extremamente desdenhosa, a ponto de refazer os teus caminhos. Entretanto, serás envergonhada do Egito, como foste envergonhada da Assíria.
37 Pois sairás dali, também, com as tuas mãos sobre a tua cabeça. Porquanto, o Senhor rejeitou a tua esperança, e não prosperarás nisso.""

terça-feira, 21 de março de 2017

Jeremias

Capítulo 1

Septuaginta - Jeremias - Capítulo 1

1 Palavra de Deus que veio a Jeremias, filho de Hilquias, um dos sacerdotes, o qual habitava em Anatote, na terra de Benjamim;
2 conforme veio a ele a palavra de Deus nos dias de Josias, filho de Amom, rei de Judá, no décimo-terceiro ano do seu reinado.
3 E também nos dias de Jeoaquim, filho de Josias, rei de Judá, até o décimo-primeiro ano de Zedequias, rei de Judá, e ainda até o cativeiro de Jerusalém, no quinto mês.
4 E a palavra do Senhor veio a ele, dizendo:
5 "Antes que te formasse no ventre, Eu te conheci; e antes que saísses do ventre, santifiquei-te, nomeando-te um profeta para as nações."
6 Então, eu disse: "Senhor, Tu que és o supremo Senhor, eis que eu não sei falar, pois sou uma criança."
7 E o Senhor me disse: "Não digas "Eu sou uma criança;" porque hás de ir a todos aqueles a quem Eu te enviar, e de acordo com todas as palavras as quais te ordeno, assim falarás.
8 Não temas diante deles, porque Eu sou contigo para te livrar," diz o Senhor.
9 Então, o Senhor estendeu a mão para mim, tocando-me na boca; e o Senhor me disse: "Eis que ponho as minhas palavras na tua boca.
10 Eis que te constituí, neste dia, sobre as nações e sobre os reinos, para arrancares, para derrubares, para destruíres, para reconstruíres e para plantares."
11 E a palavra do Senhor veio a mim, dizendo: "Que vês?" Respondi: "Uma vara de amendoeira."
12 E o Senhor me disse: "Viste bem; porque tenho vigiado sobre as minhas palavras, para realizá-las."
13 E a palavra do Senhor veio a mim, pela segunda vez, dizendo: "Que vês?" Respondi: "Um caldeirão no fogo; e a sua boca está inclinada em direção ao norte."
14 E o Senhor me disse: "Do norte males virão, como uma chama fluindo, sobre todos os habitantes da terra.
15 Pois eis que Eu conclamo todos os reinos da terra do norte," diz o Senhor; "eles virão e assentarão, cada um, o seu trono à entrada das portas de Jerusalém, contra todos os muros ao seu redor, e contra todas as cidades de Judá.
16 Falarei com eles em juízo a respeito de toda a sua iniquidade; porquanto, a mim me deixaram e sacrificaram a deuses estranhos, e adoraram as obras das suas mãos.
17 Cinge os teus lombos, levanta-te e fala todas as palavras que Eu te ordeno: não sintas temor de seu rosto, nem te assustes diante deles; porque Eu sou contigo para te livrar," diz o Senhor.
18 "Eis que Eu te ponho, hoje, como cidade fortificada e como um muro de bronze, forte contra todos os reis de Judá, contra os seus príncipes e contra os povos da terra.
19 Eles pelejarão contra ti; porém, não prevalecerão, de maneira alguma, contra ti; porque Eu sou contigo para te livrar," diz o Senhor.

Septuaginta - Isaías - Capítulo 66

1 Assim diz o Senhor: "O céu é o meu trono, e a terra o escabelo dos meus pés. Que tipo de casa me havereis construir? e de que tipo há de ser o lugar do meu repouso?
2 Porque todas estas coisas são minhas," diz o Senhor. "E por quem terei consideração, senão pelos humildes e mansos, e pelo homem que treme da minha palavra?
3 Contudo, o transgressor que para mim sacrifica um bezerro é como aquele que mata um cão; e o que oferece flor de farinha é como aquele que oferece sangue de porco; o que oferece incenso para um memorial é como aquele que blasfema. Eles, no entanto, escolheram os seus próprios caminhos, e a sua alma se agradou de suas abominações.
4 Também Eu olharei para suas zombarias e retribuirei seus pecados sobre eles. Porque chamei-os, contudo, não me deram ouvidos; Falei e eles não ouviram, mas fizeram o mal diante de mim e escolheram as coisas nas quais Eu não tinha prazer."
5 Ouvi a palavra do Senhor, vós, os que tremeis diante da sua palavra; falai, irmãos nossos, para aqueles que vos odeiam e abominam, que o nome do Senhor deve ser glorificado e a sua alegria ser manifesta! Eles, porém, serão confundidos.
6 Ouviu-se um grito na cidade, uma voz do templo, a voz do Senhor, dando o pago aos seus adversários.
7 Antes que a mulher grávida tivesse dado à luz, antes dos seus trabalhos de parto, sem nem mesmo passar por eles, ela deu à luz um varão.
8 "Quem jamais ouviu tal coisa? quem tem visto algo semelhante? Haverá a terra chegado aos trabalhos de parto em um só dia? Nasceu uma nação de uma só vez, para que Sião, desta maneira, tenha dores de parto, dando à luz seus filhos?
9 No entanto, Eu fiz com que tal coisa fosse possível, ainda que não te lembraste de mim," diz o Senhor. "Acaso não fui Eu que fiz a mulher que gera e a estéril?" diz o teu Deus.
10 Alegra-te, ó Jerusalém, e vós todos os que a amais mantende nela uma assembléia geral; exultai nela, vós todos os que agora pranteais sobre ela;
11 pois sugareis e ficareis satisfeito com o seio de sua consolação; ordenhareis, e deliciar-vos-eis com a chegada de sua glória.
12 Pois assim diz o Senhor: "Eis que Eu faço voltar-se em sua direção como um rio de paz, e como uma torrente trazendo sobre eles, em uma inundação, a glória dos gentios; seus filhos serão transportados sobre os ombros e consolados nos joelhos.
13 Tal como uma mãe conforta seu filho, assim também Eu vos consolarei; e sereis consolados em Jerusalém.
14 Vê-lo-eis, e o vosso coração se alegrará; vossos ossos irão crescer como a erva. A mão do Senhor será notória aos que o temem, e Ele admoestará aos desobedientes.
15 Pois eis que o Senhor virá como fogo, e os seus carros como uma tempestade, para executar a sua vingança com ira, e a sua repreensão com chamas de fogo.
16 Porque com o fogo do Senhor toda a terra será julgada, e toda a carne com a sua espada. Muitos serão mortos pelo Senhor.
17 "Aqueles que se santificam e purificam nos jardins, comendo carne de porco nos pórticos, e as coisas abomináveis, e o rato, juntamente serão consumidos," diz o Senhor.
18 Eu conheço as suas obras e sua imaginação. Irei reunir todas as nações e línguas; elas virão e verão a minha glória.
19 Colocarei um sinal sobre eles, e enviarei os que escaparam deles para as nações; para Társis, Pul, Lude, Meseque, Tubal, Grécia, e também para as ilhas mais distantes, para aqueles que não ouviram meu nome nem viram a minha glória; e anunciarão a minha glória entre os gentios.
20 E trarão vossos irmãos, dentre todas as nações, como um presente para o Senhor, com cavalos e carros, e em liteiras puxadas por mulas com toldos, para a cidade santa de Jerusalém," diz o Senhor, "como quando os filhos de Israel trazem seus sacrifícios para mim com salmos, para a casa do Senhor."
21 "E tomarei deles sacerdotes e levitas," diz o Senhor.
22 "Porque, tal como o novo céu e a nova terra que Eu faço permanecem diante de mim," diz o Senhor, "assim durará a vossa posteridade e o vosso nome continuará.
23 E virá a acontecer que, de mês a mês, e de sábado a sábado, virá toda a carne a adorar perante mim, em Jerusalém," diz o Senhor.
24 "Eles sairão, e verão os cadáveres dos homens que transgrediram contra mim; porque o seu verme nunca morrerá, e o seu fogo nunca se apagará. E eles serão um espetáculo para toda a carne."

segunda-feira, 20 de março de 2017

Septuaginta - Isaías - Capítulo 65

1 Manifestei-me aos que não perguntavam por mim; fui achado pelos que não me buscavam. Disse Eu, "Eis-me aqui," para uma nação que não chamou pelo meu nome.
2 Estendi as minhas mãos o dia todo a um povo rebelde e contestador, àqueles que andavam de uma forma que não era correta, indo, entretanto, após seus pecados.
3 Este é o povo que me provoca continuamente, na minha presença; oferecem sacrifícios em jardins e queimam incenso sobre tijolos para demônios que não existem;
4 deitam-se para dormir nos túmulos e nas cavernas para terem sonhos, estes mesmos que comem carne de porco e o caldo de seus sacrifícios; todos os seus vasos estão contaminados;
5 os quais dizem: "Aparta-te de mim, Não te chegues para mim, porque sou puro." Esta é a fumaça da minha ira, e um fogo arde junto dela, continuamente.
6 Eis que está escrito diante de mim: Não ficarei em silêncio até que tenha recompensado no seu seio
7 os seus pecados e os pecados de seus pais, diz o Senhor, os quais queimaram incenso nos montes e me afrontaram nas colinas; Eu retribuirei as suas obras antigas no seu próprio seio.
8 Assim diz o Senhor: "Tal como um bago de uva que será encontrado no cacho e, do qual, dir-se-á: "Não o destruas, pois há nele uma bênção!" assim, igualmente, farei por causa daquele que me serve. Por sua causa, não irei destruí-los à todos.
9 Conduzirei a semente que veio de Jacó e de Judá, e eles herdarão o meu santo monte; os meus eleitos e os meus servos herdarão a terra e nela habitarão.
10 Haverá rebanhos nas florestas, e o vale de Acor será um lugar de descanso do gado de meu povo, todos os que houverem me procurado.
11 Mas quanto a vós, que me abandonastes e esquecestes o meu santo monte, que preparais uma mesa para o diabo e encheis a libação da deusa Sorte,
12 Eu vos entregarei ao fio da espada e caireis, todos, pelo abate; porquanto eu vos chamei, e não ouvistes; Falei, e vos recusastes a ouvir, fazendo o que era mal aos meus olhos e escolhendo as coisas nas quais Eu não tinha prazer.
13 Portanto, assim diz o Senhor: "Eis que os meus servos comerão, mas vós sentireis fome; eis que os meus servos beberão, mas vós tereis sede: eis que os meus servos se alegrarão; vós, porém, envergonhar-vos-eis;
14 eis que os meus servos exultarão de alegria, mas vós chorareis pela tristeza de vosso coração, e uivareis por causa da aflição de vosso espírito.
15 Pois fareis do vosso nome um opróbrio para os meus escolhidos, e o Senhor vos destruirá; os meus servos, contudo, serão chamados por um novo nome,
16 o qual será abençoado na terra; porque eles bendirão o verdadeiro Deus, e os que juram sobre a terra jurarão pelo Deus verdadeiro; e esquecerão da sua antiga aflição; ela não mais entrará em sua mente.
17 Porquanto haverá um novo céu e uma nova terra, e não mais se lembrarão, de maneira alguma, dos primeiros, nem eles se encontrarão, nunca mais, em suas mentes.
18 Mas eles irão encontrar, naqueles, sua alegria e seu júbilo; Pois eis que farei de Jerusalém uma alegria, e do meu povo um regozijo.
19 Exultarei em Jerusalém, e encontrarei alegria no meu povo; não mais se ouvirá nela voz soluçante ou voz de choro.
20 Não haverá mais nela uma criança que morre prematuramente, ou um velho que não irá completar o seu tempo; pois o jovem será aquele de cem anos de idade, e o pecador que morrer aos cem anos de idade também deverá ser amaldiçoado.
21 Edificarão casas e habitarão nelas; plantarão vinhas, e comer-se-á do seu fruto.
22 De maneira alguma eles construirão para que outros habitem; de maneira alguma plantarão para que outros comam; porque como os dias da árvore da vida serão os dias do meu povo; por um longo tempo eles gozarão dos frutos do seu trabalho.
23 Meu escolhidos não deverão labutar em vão, nem haverão mais de gerar filhos para serem amaldiçoados; pois são uma semente abençoada por Deus, e os seus descendentes estarão com eles.
24 E sucederá que, antes de clamarem, Eu os ouvirei; estando eles ainda falando, Eu irei dizer: "O que desejais?"
25 Então os lobos e os cordeiros pastarão juntos, o leão comerá palha tal como o boi, e a serpente terá terra por seu pão. Não mais ferirão nem destruirão no meu santo monte, diz o Senhor.

Septuaginta - Isaías - Capítulo 64

1 Se abrisses o céu um tremor, vindo de ti, cairia sobre as montanhas e elas se fundiriam
2 como a cera se derrete diante do fogo; pois o fogo irá queimar os inimigos e o teu nome será manifesto entre os adversários; à tua presença as nações serão perturbadas,
3 sempre que agires gloriosamente; tremor, vindo de ti, se apoderará das montanhas.
4 Desde a antiguidade não temos ouvido, nem os nossos olhos viram um Deus além de ti, e as tuas obras, as quais irás realizar para os que esperam por tua misericórdia.
5 Portanto, estas bênçãos deverão suceder àqueles que praticam a justiça, e eles se lembrarão dos teus caminhos; eis que estiveste irado, e nós pecamos, errando,
6 tornando-nos, todos, imundos e as nossas justiças como um trapo de imundície; e caímos como folhas por causa das nossas iniquidades; por isto, o vento deverá levar-nos para longe.
7 Não há ninguém que chame pelo teu teu nome ou que se lembra de atentar para ti, pois viraste o teu rosto para longe de nós, e nos entregaste por causa de nossos pecados.
8 E agora, ó Senhor, tu és nosso Pai e nós somos o barro; somos, todos nós, a obra das tuas mãos.
9 Não te indignes demasiadamente conosco, nem te lembres de nossos pecados para sempre; porém, agora, atenta para nós, pois todos nós somos o teu povo.
10 A cidade de tua santidade tornou-se desolada; Sião se tornou como um deserto, Jerusalém uma maldição.
11 A casa, nosso santuário, a glória que nossos pais abençoaram, foi queimada a fogo, e todas as nossas coisas gloriosas tornaram-se em ruínas.
12 E ainda com todas estas coisas Tu, ó Senhor, tens contido a ti mesmo, permanecendo em silêncio e trazendo-nos ao rés do chão.

domingo, 19 de março de 2017

Septuaginta - Isaías - Capítulo 63

1 "Quem é este que tem vindo de Edom, de Bozra, com vestes vermelhas? Tão agradável no seu traje, com grande força?" "Falo de justiça e do juízo salvador."
2 "Por que razão estão vermelhas as tuas vestes, e o teu traje como se recém tirado de um lagar pisado?"
3 "Estou coberto de uvas pisadas, e das nações não há um só homem comigo; eu as esmaguei no meu furor, fi-las em pedaços como pó, derramando o seu sangue na terra.
4 Porque o dia da recompensa veio sobre eles, e o ano da redenção está próximo.
5 Olhei, e não havia quem ajudasse; observei, e ninguém estava de pé; portanto o meu braço os livrou, e a minha ira se fez presente.
6 Eu as esmaguei na minha ira, e derramei o seu sangue na terra."
7 "Lembrei-me da misericórdia do Senhor, dos louvores do Senhor em todas as coisas nas quais Ele nos recompensa. O Senhor é um bom juiz para a casa de Israel; Ele nos trata segundo a sua misericórdia, e de acordo com a abundância de sua justiça."
8 Disse Ele: "Não é este o meu povo? Os filhos não irão, certamente, serem rebeldes." Portanto, Ele tornou-se para eles uma libertação
9 de toda a sua angústia. Não um embaixador nem um mensageiro, mas Ele próprio os salvou, porque os amava, poupando-os; Ele mesmo os redimiu, tomando-os e soerguendo-os, desde a antiguidade.
10 Contudo, eles desobedeceram e provocaram o seu Espírito Santo; por causa disto Ele tornou-se um inimigo, contendendo, Ele mesmo, contra eles.
11 Porém, Ele se lembrou dos dias antigos, e disse: "Onde está aquele que fez subir do mar o pastor das ovelhas? Onde está o que pôs neles o Espírito Santo?
12 Aquele que conduziu Moisés com a sua mão direita, com o braço de sua glória?" Ele obrigou a água a dividir-se diante dele, fazendo para si um nome eterno.
13 Ele os guiou pelos abismos, como um cavalo pelo deserto, e eles não desmaiaram;
14 guiou-os como gado através de uma planície. O Espírito desceu, vindo do Senhor, e os guiou; assim conduziste o teu povo, para te fazeres um glorioso nome.
15 Volta-te do céu, e olha desde a tua santa habitação e da tua glória: Onde está o teu zelo e a tua força? Onde a abundância da tua benignidade e da tua compaixão, que tens te retirado de nós?
16 Pois tu és nosso Pai. Ainda que Abraão não nos conhecesse, e Israel também não nos reconhecesse, ainda assim Tu, ó Senhor, nosso Pai, liberta-nos. Teu nome tem estado sobre nós desde o início.
17 Por que nos fizestes desviar, ó Senhor, do caminho, e endureceste o nosso coração para que não temêssemos a ti? Volta-te, por amor de teus servos, por causa das tribos da tua herança,
18 para que possamos herdar uma pequena parte do teu santo monte.
19 Pois temos sido feitos como no início, quando não reinavas sobre nós, quando o teu nome não era invocado sobre nós.

Septuaginta - Isaías - Capítulo 62

1 "Por amor de Sião não me calarei, e por amor de Jerusalém não descansarei, até que saia a sua justiça como a luz, e a minha salvação queime como uma tocha.
2 As nações verão a tua justiça, e os reis a tua glória; chamar-te-ás por um nome novo, o qual o Senhor designará.
3 Serás uma coroa de adorno na mão do Senhor, e um diadema real na mão do teu Deus.
4 Não mais serás chamada Abandonada, e a tua terra não mais será chamada Desolada, Porque hás de ser chamada Meu Prazer, e a tua terra será chamada Habitada, porquanto o Senhor tomou prazer em ti, e a tua terra será habitada.
5 Como um jovem vivendo com uma virgem, assim teus filhos habitarão em ti; e acontecerá que, tal como um noivo deleitar-se-á com a sua noiva, assim o Senhor se deleitará contigo.
6 Em teus muros, ó Jerusalém, pus guardas durante todo o dia e toda a noite, os quais não deixarão, nunca, de fazer menção do Senhor;
7 porque não haverá ninguém como tu quando Ele te estabelecer fazendo de Jerusalém um louvor na terra.
8 Pois o Senhor jurou por sua glória, e com a força do seu braço: "Não mais entregarei o teu cereal e as tuas provisões aos teus inimigos, nem estranhos beberão o teu vinho, pelo qual tens trabalhado.
9 Mas aqueles que as ajuntaram deverão comê-las, e louvarão ao Senhor; e os que colheram as uvas beberão dela no meu santo átrio."
10 Passa pelos meus portões e prepara um caminho para o meu povo; lança as pedras para fora do caminho. Levanta um estandarte para os gentios.
11 Pois eis que o Senhor proclamou até as extremidades da terra: "Dizei à filha de Sião: Eis que o teu Salvador veio a ti, tendo diante dele a sua recompensa e a sua obra."
12 Chamá-lo-ão povo santo, remidos do Senhor; e serás chamada Cidade Procurada, e não mais Abandonada.

Septuaginta - Isaías - Capítulo 61

1 O Espírito do Senhor está sobre mim, porque me ungiu; enviou-me para pregar boas novas aos pobres, para curar os quebrantados de coração, para proclamar liberdade aos cativos e restauração da vista aos cegos;
2 para declarar o ano aceitável do Senhor e o dia da retribuição; para confortar todos os que choram;
3 para que seja dado aos que pranteiam em Sião glória em vez de cinza, óleo de alegria para os enlutados e veste de glória ao invés de espírito angustiado. E serão chamados gerações de justiça, plantação do Senhor, para sua glória.
4 Eles edificarão as antigas ruínas, levantarão aquelas que foram antes desoladas e renovarão as cidades do deserto, até mesmo aquelas que tinham sido assoladas por muitas gerações.
5 Estrangeiros virão e apascentarão as tuas ovelhas; estrangeiros serão teus lavradores e vinhateiros.
6 Vós, porém, sereis chamados sacerdotes do Senhor, ministros de Deus; comereis a força das nações e sereis admirados por causa da vossa riqueza.
7 Portanto, eles irão herdar a terra uma segunda vez, e alegria eterna haverá sobre as suas cabeças.
8 Pois Eu sou o Senhor, que ama a justiça e odeia a iniquidade dos roubos; entregarei a recompensa de seu trabalho para o justo, e farei com eles uma aliança eterna.
9 A sua posteridade será conhecida entre as nações, e os seus descendentes entre os povos; todo aquele que os ver tomará deles conhecimento, que são uma semente abençoada por Deus,
10 e regozijar-se-ão grandemente no Senhor. Que a minha alma se alegre no Senhor, pois Ele me vestiu com as vestes da salvação, e com as vestes de alegria. Ele colocou em mim um turbante, como em um noivo, e adornou-me com ornamentos como a uma noiva.
11 Como a terra fazendo brotar as suas flores, e um jardim as suas sementes, assim o Senhor, o Senhor mesmo, fará brotar a justiça e a exultação diante de todas as nações.