INÍCIO BÍBLIA ONLINE SNT SEPTUAGINTA NOVO TESTAMENTO
AUXÍLIOS BÍBLICOS DICIONÁRIO BÍBLICO TERMOS DE USO
Gênesis Êxodo Levítico Números Deuteronômio Josué Juízes Rute
1 Samuel 2 Samuel 1 Reis 2 Reis 1 Crônicas 2 Crônicas Esdras Neemias
Ester Salmos Provérbios Eclesiastes Cântico dos Cânticos Isaías
Jeremias Lamentações de Jeremias Ezequiel Daniel Oséias Joel Amós Obadias
Jonas Miquéias Naum Habacuque Sofonias Ageu Zacarias Malaquias
1 Macabeus
Mateus Marcos Lucas

domingo, 21 de maio de 2017

Septuaginta - Ezequiel - Capítulo 24

1 E a palavra do Senhor veio a mim, no nono ano, no décimo mês, no décimo dia do mês, dizendo:
2 "Filho do homem, escreve para ti mesmo, diariamente, a contar deste dia em que o rei de Babilônia se pôs contra Jerusalém, a partir de hoje.
3 Profere uma alegoria à casa rebelde, e dize-lhes: Assim diz o Senhor. Põe no fogo o caldeirão, e despeja água nele;
4 e coloca os pedaços nele, cada peça principal, a perna e o ombro retirados dos ossos,
5 obtidos de animais escolhidos, e coze os ossos sob eles; seus ossos são fervidos e cozidos no meio deles.
6 Portanto, assim diz o Senhor: Ó cidade sanguinária, caldeirão em que há escória, escória que não saiu dele, a qual ele fez subir pouco à pouco, mas ninguém a retirou.
7 Porquanto o seu sangue está no meio dela, portanto Eu o pus em cima de uma pedra lisa. Não o derramei sobre a terra, de modo que ela o encobrisse,
8 para que subisse a minha ira, para tomar vingança completa. Eu pus o seu sangue sobre uma rocha lisa, de modo a não encobri-lo.
9 Portanto, assim diz o Senhor: Também farei grande o tição,
10 multiplicarei a madeira e acenderei o fogo, para que a carne possa ser consumida e o seu caldo evapore completamente;
11 para que ela possa ficar em cima das brasas, sendo o bronze aquecido até o fim, fundindo-se no meio de sua imundícia, e a sua escória possa ser consumida,
12 e a sua escuma abundante não suba dela.
13 Sua escuma tornar-se-á vergonhosa, porquanto te tens contaminado. Serás, acaso, purificada, antes de Eu extravasar completamente a minha ira?
14 Eu, o Senhor, o disse e haverá de ser; pois Eu irei cumpri-lo. Não me demorarei, nem terei qualquer misericórdia. Eu te julgarei, diz o Senhor, de acordo com os teus caminhos e de acordo com os teus ídolos; julgar-te-ei conforme os teus derramamento de sangue, conforme os teus ídolos te julgarei, tu, imunda, notória e grande provocadora."
15 E a palavra do Senhor veio a mim, dizendo:
16 "Filho do homem, eis que Eu tomo de ti o desejo dos teus olhos, através de violência. Tu não lamentarás, nem mesmo irás chorar.
17 Gemerás pelo sangue, e terás luto sobre os teus lombos; o teu cabelo não deverá ser trançado sobre a tua cabeça, e as tuas sandálias estarão sobre os teus pés; tu, de modo algum, serás consolado por seus lábios, e não comerás o pão dos homens."
18 E falei ao povo pela manhã, como Ele me ordenara, a noite; fiz, pela manhã, conforme me fora ordenado.
19 E o povo me disse: "Porventura não nos dirás o que são essas coisas que fazes?"
20 Então eu lhes disse: "A palavra do Senhor veio a mim, dizendo:
21 "Dize à casa de Israel. Assim diz o Senhor: Eis que irei profanar o meu santuário, o orgulho de vossa força, o desejo dos vossos olhos, a respeito do qual as vossas almas se afligem. Vossos filhos e vossas filhas, que deixastes, cairão à espada."
22 E fareis como eu fiz: não sereis confortados por sua boca, e não comereis o pão dos homens.
23 Vosso turbante estará sobre a vossa cabeça, e os vossos sapatos nos vossos pés. Nem vós, de maneira alguma, lamentareis ou chorareis; porém, definhareis em vossas iniquidades, e consolará cada um a seu irmão."
24 "Ezequiel vos será por sinal: de acordo com tudo o que ele tem feito vós fareis, quando estas coisas acontecerem; e sabereis que Eu sou o Senhor.
25 E tu, ó filho do homem, não sucederá que no dia em que eu tomar deles a sua força, o orgulho de sua vanglória, os desejos de seus olhos e a soberba da sua alma, seus filhos e suas filhas,
26 que, naquele dia, todo aquele que escapar virá à ti, para relatar estas coisas aos teus ouvidos?
27 Nesse dia, tua boca se abrirá para todo aquele que escapa; falarás, e já não estarás mudo. Ser-lhes-ás por um sinal, e Eles saberão que eu sou o Senhor."

Nenhum comentário: