INÍCIO BÍBLIA ONLINE SNT SEPTUAGINTA NOVO TESTAMENTO
AUXÍLIOS BÍBLICOS DICIONÁRIO BÍBLICO TERMOS DE USO
SEPTUAGINTA EM PORTUGUÊS - PDF - Atualizada em 06/07/2019

sexta-feira, 13 de maio de 2016

Septuaginta - 4 Reis (2 Reis) - Capítulo 17

1 No ano duodécimo de Acaz, rei de Judá, começou Oséias, filho de Elá, a reinar em Samaria sobre Israel; e reinou por nove anos.
2 Fez ele o que era mau aos olhos do Senhor, só que não como os reis de Israel que foram antes dele.
3 Contra ele subiu Salmaneser, rei da Assíria, e Oséias ficou sendo seu servo, rendendo-lhe tributo.
4 Mas o rei da Assíria descobriu a conspiração de Oséias quando ele mandou mensageiros a Sô, rei do Egito, não trazendo tributo ao rei da Assíria naquele ano; então, o rei dos assírios cercou-o, e prendeu-o no cárcere.
5 E o rei da Assíria subiu contra toda a terra; e, chegando a Samaria, cercou-a por três anos.
6 No ano nono de Oséias o rei da Assíria tomou Samaria, levando a Israel cativo para a Assíria; e os instalou em Hala e em Habor, perto dos rios de Gozã e nas montanhas dos medos.
7 Sucedeu isto porque os filhos de Israel haviam transgredido contra o Senhor seu Deus que os fizera subir da terra do Egito, de debaixo da mão de Faraó, rei do Egito, e temeram a outros deuses,
8 andando nos estatutos das nações que o Senhor tinha expulsado de diante da face dos filhos de Israel e dos reis de Israel, todos quantos fizeram tais coisas,
9 e também naqueles dos filhos de Israel, em todos os seus costumes praticados secretamente, tal como não deveriam ter agido contra o Senhor seu Deus.
10 Pois construíram eles, para si mesmos, altos em todas as suas cidades, desde a torre das atalaias até a cidade fortificada; e fizeram, para si, colunas e bosques em todos os altos outeiros e debaixo de toda árvore frondosa;
11 e queimaram incenso em todos os altos, como fizeram as nações que o Senhor tinha removido de diante deles; e trataram com espíritos familiares, e esculpiram imagens, para provocar o Senhor à ira.
12 Também serviram aos ídolos, dos quais o Senhor lhes dissera: Não fareis isso contra o Senhor.
13 E o Senhor testemunhou contra Israel e contra Judá pela mão de todos os seus profetas e de todos os videntes, dizendo: Convertei-vos de vossos maus caminhos e guardai os meus mandamentos e os meus juízos; toda a lei que ordenei a vossos pais, e tudo o que lhes enviei por intermédio de meus servos, os profetas.
14 Todavia eles não escutaram, fazendo o seu pescoço mais duro do que o pescoço de seus pais;
15 e não mantiveram nenhum dos testemunhos que lhes ordenara, mas andaram após as suas vaidades, tornando-se eles mesmos vãos, indo após as nações ao seu redor, a respeito das quais o Senhor lhes tinha ordenado não fazerem acordo com elas.
16 Abandonaram eles os mandamentos do Senhor seu Deus, e fizeram para si imagens de escultura, a saber, duas novilhas; e fizeram bosques, e adoraram a todo o exército do céu. E serviram a Baal.
17 Também fizeram seus filhos e suas filhas passarem pelo fogo, e fizeram uso de adivinhações e augúrios; e venderam-se para agir mal aos olhos do Senhor, provocando-o.
18 E o Senhor muito se indignou contra Israel, retirando-os de sob a sua vista. Somente permaneceu a tribo de Judá.
19 Sim, até mesmo Judá não guardou os mandamentos do Senhor seu Deus, porém andaram de acordo com os costumes de Israel, que eles praticavam; e rejeitaram ao Senhor.
20 Então, o Senhor estava irado com toda a linhagem de Israel, e inquietava-os, entregando-os nas mãos dos que os despojavam, até que os expulsou da sua presença;
21 porquanto Israel se revoltara contra a casa de Davi, e fizeram rei a Jeroboão, filho do rei Nebate. E Jeroboão fez com que Israel deixasse de seguir ao Senhor, levando-os a cometer um grande pecado.
22 E os filhos de Israel andaram em todos os pecados que Jeroboão tinha cometido; não se apartaram deles.
23 Até que o Senhor tirou a Israel da sua presença, conforme falara por intermédio de todos os seus servos, os profetas; e Israel foi removido para fora das suas terras, para os assírios, até ao dia de hoje.
24 O rei da Assíria trouxe da Babilônia os homens de Cuta, de Ava, de Hamate e de Sefarvaim, os quais foram estabelecidos nas cidades de Samaria em lugar dos filhos de Israel; e eles herdaram a Samaria, sendo estabelecidos em suas cidades.
25 E sucedeu, no início de seu estabelecimento lá, que eles não temiam ao Senhor; e o Senhor mandou entre eles leões, que mataram alguns deles.
26 E o relataram ao rei da Assíria, dizendo: As nações que removeste e colocaste nas cidades de Samaria no lugar dos israelitas não conhecem a lei do deus da terra. E ele enviou leões contra eles, que os estão matando, porquanto não conhecem a lei do deus da terra.
27 Então, o rei da Assíria mandou dizer: Trazei alguns israelitas daqui, e que eles vão para habitar lá; e irão ensinar-lhes a maneira do deus da terra.
28 E trouxeram um dos sacerdotes que tinham removido de Samaria, o qual estabeleceu-se em Betel, ensinando-lhes como deviam temer ao Senhor.
29 Aquelas nações, entretanto, fizeram cada uma os seus próprios deuses e colocaram-nos nas casas dos altos que os samaritanos tinham feito; cada nação nas cidades em que habitavam.
30 Os homens de Babilônia fizeram Sucote-Benote, os de Cuta fizeram Nergal, e os de Hemate fizeram Asima;
31 os aveus fizeram Nibaz e Tartaque, e os moradores de Sefarvaim fizeram mal quando queimaram a seus filhos no fogo para Adrameleque e Anameleque, que eram os deuses de Sefarvaim.
32 Temiam eles ao Senhor, porém estabeleceram as suas abominações nas casas dos altos que fizeram em Samaria, cada nação na cidade em que morava; temiam, eles, ao Senhor, mas fizeram para si sacerdotes dos lugares altos, e sacrificaram para si nas casas destes lugares.
33 Então, eles temiam ao Senhor e serviam aos seus deuses de acordo com o costume das nações de onde seus senhores os trouxeram.
34 E, até hoje, agem de acordo com a sua própria maneira: temem ao Senhor e fazem de acordo com os seus costumes; de acordo com a sua maneira e de acordo com a lei e o mandamento que o Senhor ordenara aos filhos de Jacó, cujo nome ele tornou Israel.
35 Mas o Senhor fizera um pacto com eles, e ordenara-lhes, dizendo: Não temereis a outros deuses nem os adorareis; não os servireis nem a eles sacrificareis,
36 mas tão somente ao Senhor que vos fez subir da terra do Egito com grande força e com braço poderoso; a ele temereis e a ele adorareis. E a ele sacrificareis.
37 Observareis continuamente as ordenanças e os juízos, a lei e os mandamentos que ele vos escreveu para cumprirdes; e não temereis a outros deuses.
38 Tampouco vos esquecereis do pacto que ele fez convosco; e não temereis a outros deuses.
39 Vós, porém, temereis ao Senhor, vosso Deus, e ele vos livrará de todos os vossos inimigos.
40 Nem, tampouco, mantereis as sua práticas, tudo aquilo que eles seguem.
41 Desta maneira, estas nações temiam ao Senhor e também serviam aos seus ídolos. Sim, e os seus filhos e os filhos de seus filhos fazem até ao dia de hoje tudo aquilo que os seus pais faziam.

Nenhum comentário: