INÍCIO BÍBLIA ONLINE SNT SEPTUAGINTA NOVO TESTAMENTO
AUXÍLIOS BÍBLICOS DICIONÁRIO BÍBLICO TERMOS DE USO
SEPTUAGINTA EM PORTUGUÊS - PDF - Atualizada em 06/07/2019

domingo, 24 de abril de 2016

Septuaginta - 4 Reis (2 Reis) - Capítulo 6

1 Os filhos dos profetas disseram a Eliseu: Eis que o lugar em que habitamos diante de ti é estreito demais para nós.
2 Que possamos ir, pedimos-te, até o Jordão, tomando de lá cada homem uma viga, e construindo para nós mesmos uma habitação por lá.
3 E ele respondeu: Ide. Mas um deles pediu-lhe, gentilmente: Vem com os teus servos. E ele disse: Eu irei.
4 E foi com eles. Então, eles foram para o Jordão e começaram a cortar a madeira.
5 Eis que um deles estava cortando um galho e o seu machado caiu na água; e ele exclamou: Ai de mim, senhor! O machado, porém, desaparecera.
6 Mas o homem de Deus disse: Onde caiu? E ele mostrou-lhe o lugar; então, ele quebrou um galho pequeno e jogou-o naquele lugar, e o ferro veio à tona.
7 Disse ele: Apanha-o. E, estendendo a mão, tomou-o.
8 O rei da Síria estava em guerra com Israel e consultou com os seus servos; e falou: Acampar-me-ei em tal e tal lugar.
9 Mas Eliseu enviou um mensageiro ao rei de Israel, dizendo: Acautelai-vos, não passeis por aquele lugar, porquanto os sírios estão escondidos lá.
10 O rei de Israel enviou tropas ao lugar acerca do qual Eliseu lhe falara, e salvou-se dali. E isto aconteceu não somente uma ou duas vezes.
11 Então, a mente do rei da Síria estava muito perturbada acerca deste assunto; e, chamando os seus servos, disse-lhes: Porventura não me contareis quem me trai com o rei de Israel?
12 Respondeu-lhe um dos seus servos: Não, meu Senhor, ó rei! porém Eliseu, o profeta que está em Israel, relata ao rei de Israel todas as palavras que dizes no teu quarto de dormir.
13 E ele disse: Vai, descobre onde este homem está, e mandarei trazê-lo. E enviaram-lhe mensageiros, dizendo: Eis que ele está em Dotã.
14 E ele enviou para lá cavalos e carros, e um poderoso exército, os quais vieram de noite e cercaram a cidade.
15 O servo de Eliseu levantou-se de madrugada e saiu, e eis que um exército tinha cercado a cidade, com cavalos e carros. E o servo disse-lhe: Mestre, o que faremos?
16 Disse Eliseu: Não temas, porque os que estão conosco são mais do que os que estão com eles.
17 Então, Eliseu orou, dizendo: Senhor, abre, peço-te, os olhos do servo para que ele possa ver. E o Senhor abriu-lhe os olhos, e viu; e eis que o monte estava cheio de cavalos, e carros de fogo em redor de Eliseu.
18 E desceram para ele; contudo, ele orou ao Senhor, dizendo: Fere, peço-te, esta gente de cegueira. E o Senhor feriu-os de cegueira, de acordo com a palavra de Eliseu.
19 E disse-lhes Eliseu: Não é esta a cidade e não é este o caminho: sigam-me, e irei levá-los ao homem que buscais. E levou-os para dentro de Samaria.
20 E aconteceu, quando eles entraram em Samaria, que Eliseu disse: Abre, peço-te, ó Senhor, os seus olhos e que eles possam ver. Então, o Senhor abriu-lhes os olhos, e viram; e eis que estavam no meio de Samaria.
21 E o rei de Israel disse a Eliseu, quando os viu: Não deverei, verdadeiramente, feri-los, meu pai?
22 Porém, ele disse: Tu não ferirás ninguém, a não ser que queiras ferir aqueles a quem tomaste prisioneiros com a tua espada e com o teu arco. Põe, diante deles, pão e água e deixa-os comer e beber; e que partam para o seu senhor.
23 Pôs, então, diante deles um grande banquete, e comeram e beberam; e dispensou-os, indo-se eles para o seu senhor. E as tropas da Síria já não iam mais para a terra de Israel.
24 Sucedeu, depois disto, que o filho de Hadade, rei da Síria, ajuntou todo o seu exército e subiu, cercando Samaria.
25 Houve grande fome em Samaria. E eis que o cerco estendeu-se até que uma cabeça de jumento foi avaliada em cinquenta siclos de prata, e a quarta parte de um pouco de esterco de pombas em cinco peças de prata.
26 O rei de Israel estava passando pelo muro, e uma mulher gritou para ele, dizendo: Socorro, meu senhor, ó rei!
27 E ele lhe disse: Se o Senhor não socorrer-te, de onde poderia eu fazê-lo? da eira ou do lagar?
28 E o rei disse-lhe: Qual é o problema contigo? Então, ela respondeu: Esta mulher me disse: Dá cá o teu filho, e vamos comê-lo hoje; e comeremos o meu filho, amanhã.
29 Cozemos, portanto, meu filho e o comemos; e eu disse a ela, no dia seguinte: Dá cá o teu filho, e vamos comê-lo; ela, no entanto, escondeu o seu filho!
30 E sucedeu, quando o rei de Israel ouviu as palavras da mulher, que rasgou as suas vestes. Passava ele pelo muro, e as pessoas viam que vestia saco por dentro, sobre a sua carne.
31 E disse ele: Deus assim me faça e outro tanto, se a cabeça de Eliseu continuar sobre ele, neste dia!
32 Eliseu estava assentado em sua casa, e os anciãos assentados com ele; e o rei enviou um homem adiante dele. Antes que o mensageiro viesse até onde se encontrava, disse ele aos anciãos: Vedes que esse filho de homicida mandou tirar-me a cabeça? Estejai atentos; tão logo o mensageiro tenha entrado fechai a porta e, forçosamente, detendo-o nela. E não se ouve, após ele, o ruído dos pés do seu senhor?
33 Enquanto ainda falava com eles, eis que veio o mensageiro ao seu encontro; e ele disse: Eis que este mal vem do Senhor. O que deveria eu esperar mais do Senhor?

Nenhum comentário: