INÍCIO BÍBLIA ONLINE SNT SEPTUAGINTA NOVO TESTAMENTO
AUXÍLIOS BÍBLICOS DICIONÁRIO BÍBLICO TERMOS DE USO
SEPTUAGINTA EM PORTUGUÊS - PDF - Atualizada em 06/07/2019

sábado, 23 de abril de 2016

Septuaginta - 4 Reis (2 Reis) - Capítulo 5

1 Ora, Naamã, chefe do exército da Síria, era um grande homem diante do seu senhor, e muito respeitado, porque através dele o Senhor dera livramento aos sírios; e o homem era muito forte, porém, leproso.
2 Mas saíram os sírios em pequenos grupos, e levaram cativa da terra de Israel uma menina, a qual servia a esposa de Naamã.
3 E disse ela à sua senhora: Se o meu senhor estivesse diante do profeta de Deus em Samaria, instantaneamente ele o restauraria da sua lepra.
4 Então, ela entrou e falou ao seu senhor, dizendo-lhe: Assim e assim falou a menina da terra de Israel.
5 E o rei da Síria, disse a Naamã: Vai, e enviarei uma carta ao rei de Israel. E ele foi, tomando na sua mão dez talentos de prata, seis mil siclos de ouro e dez mudas de roupa.
6 E entregou a carta ao rei de Israel, na qual dizia: Agora, então, assim que esta carta chegar a ti, eis que te envio meu servo Naamã, e restaurá-lo-ás de sua lepra.
7 E sucedeu, quando o rei de Israel leu a carta, que ele rasgou as suas vestes, dizendo: Serei eu Deus, para matar e para vivificar, e para que este envie mensagem a mim dizendo que recupere um homem da sua lepra? Considerai agora, peço-vos, e vede que este homem busca ocasião contra mim.
8 E aconteceu, quando Eliseu ouviu que o rei de Israel rasgara as suas vestes, que enviou uma mensagem ao rei de Israel, dizendo: Por que rasgaste as tuas vestes? Que Naamã, peço-te, venha até mim e saiba que há um profeta em Israel.
9 Então, Naamã veio, com cavalos e carros, parando à porta da casa de Eliseu.
10 E Eliseu enviou-lhe um mensageiro, dizendo: Vai, lava-te sete vezes no Jordão e a tua carne te será restaurada; e serás purificado.
11 Naamã, entretanto, ficou enraivecido e partiu, dizendo: Eis que pensei: ele vai vir a mim e invocar o nome do seu Deus, e por a sua mão sobre o lugar, curando a lepra.
12 Não são o Abana e o Farfar, rios de Damasco, melhores do que todas as águas de Israel? Porque não posso ir e banhar-me neles, e ser purificado? Então, ele se virou e foi embora, muito irado.
13 Mas os seus servos aproximaram-se, e disseram-lhe: Suponde que o profeta tivesse falado uma coisa difícil para ti; não a terias realizado? Mas ele disse, apenas: Lava-te e serás purificado.
14 Então, Naamã desceu e mergulhou no Jordão sete vezes, conforme a palavra de Eliseu; e a sua carne voltou a ser como a carne de uma criança, ficando ele limpo.
15 E Naamã e toda a sua comitiva retornaram a Eliseu; e veio, e pôs-se diante dele, dizendo: Eis que reconheço não haver outro Deus em toda a terra a não ser em Israel. Agora, pois, recebe uma bênção do teu servo.
16 Mas Eliseu respondeu-lhe: Vive o Senhor, em cuja presença estou, que não aceitarei nada. E instou com ele para que aceitasse; porém, não o quis.
17 Então, Naamã disse: Bem, se não pode ser assim, que seja concedido ao teu servo, peço-te, levar o quanto me deres da terra vermelha, a carga de um jugo de mulas; pois, doravante, o teu servo não oferecerá holocausto ou sacrifício a outros deuses mas somente ao Senhor, por causa desta coisa.
18 E que o Senhor seja propício ao teu servo. Quando o meu amo entrar na casa de Rimom para ali adorar, apoiando-se na minha mão, então eu irei, também, curvar-me na casa de Rimom, quando ele se inclinar na casa dele; que o Senhor, peço, tenha misericórdia de teu servo nesta matéria.
19 E disse Eliseu a Naamã: Vai em paz. E despediu-se dele, afastando-se a uma pequena distância.
20 Então, Geazi, servo de Eliseu, disse: Eis que o meu senhor poupou a este sírio Naamã, de modo a não ter de sua mão o que ele trouxe. Tão certo como vive o Senhor, certamente correrei atrás dele; e receberei dele alguma coisa.
21 Então, Geazi seguiu Naamã; e Naamã, vendo que ele corria atrás dele, voltou-se, saindo de seu carro para encontrá-lo.
22 E Geazi disse-lhe: Vai tudo bem. Meu senhor mandou-me dizer-te: Eis que, agora, vieram a mim dois jovens dos filhos dos profetas, da região montanhosa de Efraim; dá-lhes, pois, um talento de prata e duas mudas de roupa.
23 Mas Naamã disse: Toma dois talentos de prata. E entregou-lhe dois talentos de prata em dois sacos, com duas mudas de roupa, pondo-os sobre dois dos seus servos, que os carregaram à frente dele.
24 Chegando Geazi a um lugar que só ele conhecia, tomou-os das suas mãos e colocou-os na casa, despedindo os homens.
25 E ele foi, ficando diante de seu senhor. Então, Eliseu perguntou-lhe:
26 Donde vens, Geazi? E Geazi respondeu, dizendo: Teu servo não foi para um lado nem para o outro. Porém, Eliseu disse-lhe: Não estava meu coração contigo quando o homem voltou do seu carro, ao teu encontro? Pois eis que tens recebido prata, vestes, olivais, vinhas, ovelhas e bois, e servos e servas.
27 Por este motivo, a lepra de Naamã se apegará a ti e à tua descendência, para sempre. E saiu da presença dele leproso como a neve.

Nenhum comentário: