INÍCIO BÍBLIA ONLINE SNT SEPTUAGINTA NOVO TESTAMENTO
AUXÍLIOS BÍBLICOS DICIONÁRIO BÍBLICO TERMOS DE USO
SEPTUAGINTA EM PORTUGUÊS - PDF - Atualizada em 03/10/2018
Gênesis Êxodo Levítico Números Deuteronômio Josué Juízes Rute
1 Samuel 2 Samuel 1 Reis 2 Reis 1 Crônicas 2 Crônicas Esdras Neemias
Ester Salmos Provérbios Eclesiastes Cântico dos Cânticos Isaías
Jeremias Lamentações de Jeremias Ezequiel Daniel Oséias Joel Amós Obadias
Jonas Miquéias Naum Habacuque Sofonias Ageu Zacarias Malaquias
1 Macabeus
Mateus Marcos Lucas

segunda-feira, 1 de maio de 2017

Septuaginta - Jeremias - Capítulo 46

1 No princípio do reinado do rei Zedequias, veio esta palavra a respeito de Elão.
2 Para o Egito. Contra o exército do faraó Neco, rei do Egito, que estava junto ao rio Eufrates, em Carquemis, a quem Nabucodonosor, rei da Babilônia, derrotou no quarto ano de Jeoaquim, rei de Judá.
3 Pegai em armas e lanças, e achegai-vos para a batalha.
4 Arreai os cavalos. Montai, ó cavaleiros, e estejais prontos em vossos capacetes; avançai com as lanças, e colocai as vossas couraças.
5 Por que temem eles, voltando-se para trás? É porque os seus valentes serão mortos. Fugiram, completamente; tendo sido cercados não se ajuntaram, diz o Senhor.
6 Que o rápido não fuja, e não escape o herói para o norte. Os exércitos no Eufrates se enfraqueceram, e sucumbiram.
7 Quem é este que virá, subindo como um rio, tal como os rios fazem correr as suas ondas?
8 As águas do Egito subirão como um rio. Pois ele disse: Subirei, cobrirei a terra e destruirei os moradores que estão nela.
9 Montai os cavalos, preparai os carros. Saí, ó guerreiros dos etíopes e dos líbios, armados com escudos. Montai, ó lídios, e vergai o arco!
10 Aquele dia será para o Senhor nosso Deus um dia de vingança, para vingar-se de seus inimigos. A espada do Senhor devorará e ficará saciada, embriagar-se-á com o seu sangue, porquanto o Senhor tem um sacrifício desde a terra do norte, junto ao rio Eufrates.
11 Sobe a Gileade e toma bálsamo para a virgem filha do Egito. Em vão tens multiplicado os teus medicamentos. Não se encontra nenhuma ajuda para ti.
12 As nações ouviram a tua voz e a terra se encheu do teu clamor, pois os guerreiros já desmaiaram lutando um contra o outro, e ambos caíram, juntos.
13 As palavras que o Senhor falou pela boca de Jeremias a respeito da vinda do rei de Babilônia para ferir a terra do Egito:
14 Proclamai isso em Migdol, e declarai-o em Mênfis. Dizei: Levanta-te e prepara-te, pois a espada devorou o teu teixo.
15 Por qual motivo tem Ápis fugido de ti? Teu bezerro escolhido não permaneceu, pois o Senhor o enfraqueceu, completamente.
16 Tua multidão desfaleceu e caiu, dizendo, cada um, ao seu vizinho: Levantemo-nos e voltemos para o nosso país e para o nosso povo, por causa da espada grega.
17 Chamai o nome do Faraó Neco, rei do Egito, Espalhafatoso.
18 Como eu vivo, diz o Senhor Deus, ele deverá vir; tão certo como o Tabor está entre as montanhas e o Carmelo junto ao mar.
19 Ó filha do Egito, que habitas em uma casa, prepara-te bagagem para o exílio, pois Mênfis será completamente desolada, e será chamada de Ai! pois não há nela habitantes.
20 O Egito é uma linda novilha, mas a destruição do norte veio sobre ela.
21 Também os seus mercenários no meio dela são como bezerros cevados, alimentados nela; contudo também eles voltaram-se e fugiram, com um só acordo. Não permaneceram para o dia da destruição que veio sobre eles, e para o tempo de sua retribuição.
22 Sua voz é como a de uma serpente sibilante, pois eles andam sobre a areia. Virão ao Egito com machados, como homens que cortam madeira,
23 e cortarão o seu bosque, diz o Senhor. O seu número não pode, de forma alguma, ser conjecturado, pois excedem o de gafanhotos em multidão; são, eles, inumeráveis.
24 A filha do Egito se confunde. Ela está entregue nas mãos de um povo do norte.
25 Eis que castigarei Amom de Nô, sobre Faraó e sobre os que nele confiam.
26 27 Contudo não temas, tu, servo meu, Jacó, nem te assustes, Israel; porque eis que te livrarei, desde longe, e a tua descendência do seu cativeiro. Jacó voltará e estará à vontade; dormirá, e não haverá ninguém para incomodá-lo.
28 Não temas, tu, servo meu, Jacó, diz o Senhor, porque eu sou contigo; aquela que vivia sem medo e em luxúria foi entregue. Porquanto darei um completo fim à todas as nações para as quais te tenho arrojado. Todavia, não farei com que sucumbas, mas castigar-te-ei com juízo, e não irei ter-te por inteiramente inocente.

Nenhum comentário: