INÍCIO BÍBLIA ONLINE SNT SEPTUAGINTA NOVO TESTAMENTO
AUXÍLIOS BÍBLICOS DICIONÁRIO BÍBLICO TERMOS DE USO
SEPTUAGINTA EM PORTUGUÊS - PDF - Atualizada em 27/10/2018
Gênesis Êxodo Levítico Números Deuteronômio Josué Juízes Rute
1 Samuel 2 Samuel 1 Reis 2 Reis 1 Crônicas 2 Crônicas Esdras Neemias
Ester Salmos Provérbios Eclesiastes Cântico dos Cânticos Isaías
Jeremias Lamentações de Jeremias Ezequiel Daniel Oséias Joel Amós Obadias
Jonas Miquéias Naum Habacuque Sofonias Ageu Zacarias Malaquias
1 Macabeus
Mateus Marcos Lucas

domingo, 16 de abril de 2017

Septuaginta - Jeremias - Capítulo 25

1 A palavra que veio a Jeremias acerca de todo o povo de Judá, no quarto ano de Jeoaquim, filho de Josias, rei de Judá,
2 a qual ele falou a todo o povo de Judá e aos moradores de Jerusalém, dizendo:
3 Desde o décimo-terceiro ano de Josias, filho de Amom, rei de Judá, até este mesmo dia, por vinte e três anos, tenho falado convosco, levantando cedo e anunciando.
4 E enviei-vos meus servos, os profetas, desde cedo (mas não ouvistes nem prestastes atenção com os vossos ouvidos), dizendo:
5 Convertei-vos, cada um, do seu mau caminho e das suas práticas malignas, e ficareis na terra que vos dei e a vossos pais, desde os tempos antigos e para sempre.
6 Não andeis após outros deuses para os servir e adorar, provocando-me pelas obras de vossas mãos, para fazer-vos mal.
7 Vós, porém, não me destes ouvidos.
8 Portanto, assim diz o Senhor: Uma vez que não crestes nas minhas palavras,
9 eis que eu enviarei mensageiros, e tomarei uma tribo do norte; trá-los-ei sobre esta terra e sobre os seus moradores, e sobre todas as nações ao redor dela; e os arrasarei completamente, fazendo deles uma desolação, um assobio e um opróbrio eterno.
10 Irei destruir, dentre eles, a voz de gozo e a voz de alegria, a voz do noivo e a voz da noiva, o cheiro do unguento e a luz do candeeiro.
11 A terra inteira se tornará em desolação, e eles servirão entre os gentios por setenta anos.
12 E quando os setenta anos se cumprirem tomarei vingança sobre aquela nação, fazendo deles uma desolação perpétua.
13 Trarei sobre aquela terra todas as minhas palavras que tenho proferido contra ela, todas as coisas que estão escritas neste livro.
14, 15 Assim diz o Senhor, Deus de Israel: Toma, da minha mão, o copo deste vinho sem mistura, e farás com que bebam dele todas as nações a quem eu te enviar.
16 Pois beberão e vomitarão, e ficarão enlouquecidos por causa da espada que enviarei para o meio deles.
17 Então, tomei o cálice da mão do Senhor e fiz com que as nações, às quais o Senhor me enviara, bebessem dele:
18 Jerusalém e as cidades de Judá, com os reis de Judá e os seus príncipes, para fazer deles um lugar deserto, uma desolação e motivo de assobios;
19 Faraó, rei do Egito, e os seus servos, seus nobres e todo o seu povo;
20 e todo o povo misto, e os reis dos filisteus, todos, bem como Ascalom, Gaza, Ecrom e o restante de Azoto;
21 e Edom, e a terra de Moabe, e os filhos de Amom,
22 e os reis de Tiro, e os de Sidom, e os reis do país além do mar;
23 e Dedã, Tema e Ros, com todo aquele que tem o seu rosto raspado, ao redor;
24 e todo o povo misto habitando no deserto,
25 e todos os reis de Elão, e todos os reis dos persas,
26 e todos os reis do norte, os de longe e os de perto, cada um com o seu irmão. E todos os reinos que estão sobre a face da terra.
27 E lhes dirás: Assim diz o Senhor dos exércitos: Bebei, ficai bêbados, pois vomitareis, caireis e de modo algum vos levantareis, por causa da espada que eu enviarei.
28 E será que quando eles se recusarem a tomar o copo da tua mão para beber, que lhes dirás: Assim diz o Senhor: Vós, certamente, bebereis.
29 Porquanto estou começando a afligir a cidade sobre a qual o meu nome é invocado, e vós de modo algum sereis tidos por inocentes; porque eu estou chamando a espada contra todos os que habitam sobre a terra.
30 Mas tu, profetiza contra eles estas palavras, dizendo: O Senhor fala do alto do seu santuário, levanta ele a sua voz; pronunciará, de seu lugar, uma declaração, e todos estes deverão atender-lhe, como homens que colhem as uvas. Destruição está vindo contra todos os que habitam sobre a terra,
31 até mesmo sobre as extremidades da terra; pois o Senhor tem uma contenda com as nações; ele está contendendo com toda a carne, e os ímpios serão dados à espada, diz o Senhor.
32 Assim diz o Senhor: Eis que males estão vindo de nação para nação, e grande tempestade sai da extremidade da terra.
33 Os mortos da parte do Senhor estarão, no dia do Senhor, de uma extremidade da terra até a sua outra extremidade; não serão sepultados, mas ficarão como esterco sobre a face da terra.
34 Uivai, ó pastores, e clamai; lamentai-vos, carneiros do rebanho, pois os vossos dias foram concluídos para o abate, e caireis como carneiros escolhidos.
35 Não haverá fuga para os pastores, nem segurança para os carneiros do rebanho.
36 Ouve-se um clamor dos pastores, e um gemido das ovelhas e dos carneiros, porque o Senhor destruiu as suas pastagens.
37 As moradas pacíficas que ainda permanecem deverão ser destruídas diante do furor da minha cólera.
38 Ele abandonou o seu covil, como um leão, pois a sua terra tornou-se desolada diante da grande espada.

Nenhum comentário: