INÍCIO BÍBLIA ONLINE SNT SEPTUAGINTA NOVO TESTAMENTO
AUXÍLIOS BÍBLICOS DICIONÁRIO BÍBLICO TERMOS DE USO
Gênesis Êxodo Levítico Números Deuteronômio Josué Juízes Rute
1 Samuel 2 Samuel 1 Reis 2 Reis 1 Crônicas 2 Crônicas Esdras Neemias
Ester Salmos Provérbios Eclesiastes Cântico dos Cânticos Isaías
Jeremias Lamentações de Jeremias Ezequiel Daniel Oséias Joel Amós Obadias
Jonas Miquéias Naum Habacuque Sofonias Ageu Zacarias Malaquias
1 Macabeus
Mateus Marcos Lucas

segunda-feira, 5 de junho de 2017

Septuaginta - Oséias - Capítulo 2

1 "Chamai ao vosso irmão: Meu-Povo; e à vossa irmã: Favorecida.
2 Contendei com vossa mãe, contendei; porque ela não é minha mulher, e Eu não sou seu marido; e tirarei sua prostituição para fora da minha presença, e o seu adultério de entre os seus seios,
3 para fazê-la despida, e para fazê-la, novamente, como ela era no dia do seu nascimento; e a farei desolada, fá-la-ei como uma terra seca, e irei matá-la a sede.
4 E não terei piedade de seus filhos, pois são filhos da fornicação.
5 Porquanto sua mãe foi prostituir-se, aquela que os deu à luz também fez a sua desgraça, pois disse: "Irei atrás dos meus amantes, os quais me dão o meu pão, a minha água, as minhas vestes, as minhas roupas de linho, o meu óleo, e suprem todas as minhas necessidades."
6 Portanto, eis que Eu irei obstruir seu caminho com espinhos, interromperei suas veredas, e ela não deverá encontrar o seu caminho.
7 Ela irá atrás de seus amantes mas não os alcançará; irá procurá-los, mas não os encontrará. Então, ela dirá: "Irei, e voltarei para o meu ex-marido; pois eu estava melhor, antes, do que agora estou."
8 Entretanto, ela não reconhecia que Eu lhe dera o grão, e o mosto, e o azeite, e lhe multiplicara a prata; porém, ela transformou a prata e o ouro em imagens de Baal.
9 Portanto, tornarei a tirar dela o meu grão, a seu tempo, e o meu vinho, na sua estação; e tirarei dela as minhas vestes e as minhas roupas de linho, de modo que ela não deverá cobrir a sua nudez.
10 E irei expor, agora, a sua imundícia diante de seus amantes; e ninguém, por qualquer meio, a livrará de minha mão.
11 Removerei toda a sua alegria, as suas festas, os seus festivais na lua nova, os seus sábados e todas as suas assembleias solenes;
12 destruirei totalmente as suas vinhas e as suas figueiras, todas as coisas das quais ela disse: "Estes são o meu galardão que os meus amantes me deram." Portanto, irei fazer deles um testemunho, e as feras do campo, as aves do céu e os répteis da terra os devorarão.
13 E irei retribuir-lhe, em seus dias, os dias dos Baalins, nos quais ela lhes sacrificava, colocando os seus brincos e colares e indo atrás dos seus amantes, e esquecendo-se de mim, diz o Senhor.
14 Portanto, eis que Eu farei com que ela vagueie; torná-la-ei desolada, e falarei com ela.
15 E dar-lhe-ei possessões ali, e o vale de Acor para alargar o seu entendimento; e ela deverá ser afligida lá de acordo com os dias de sua infância, e de acordo com os dias da sua vinda para fora da terra do Egito.
16 E sucederá que, naquele dia, diz o Senhor, ela deverá chamar-me Meu-Marido, e não mais irá chamar-me de Baal.
17 Tirarei os nomes dos baalins de sua boca, e os seus nomes não mais serão lembrados, de modo algum.
18 E farei para eles, naquele dia, um pacto com as feras do campo, e com as aves do céu, e com os répteis da terra; Eu removerei o arco, a espada e a batalha da terra, e te farei habitar em segurança.
19 E desposar-te comigo para sempre; sim, desposar-te-ei comigo em justiça, em juízo, em benignidade e em ternas misericórdias;
20 desposar-te comigo em fidelidade, e conhecerás o Senhor.
21 E sucederá que, naquele dia, diz o Senhor, irei dar ouvidos ao céu, e ele dará ouvidos à terra,
22 e a terra dará ouvidos ao cereal, ao vinho e ao óleo; e estes darão ouvidos a Jezreel.
23 E semeá-la-ei para mim na terra; amarei a que não era amada, e direi aquele que não era meu povo: "Tu és o meu povo;" e ele dirá: "Tu és o Senhor meu Deus."

Nenhum comentário: