INÍCIO BÍBLIA ONLINE SNT SEPTUAGINTA NOVO TESTAMENTO
AUXÍLIOS BÍBLICOS DICIONÁRIO BÍBLICO TERMOS DE USO
SEPTUAGINTA EM PORTUGUÊS - PDF - Atualizada em 06/07/2019

sábado, 25 de junho de 2016

Mateus - Capítulo 23

1 Naquele tempo, falou Jesus às multidões e aos seus discípulos,
2 dizendo: "Na cadeira de Moisés assentaram-se os escribas e os fariseus.
3 Tudo, pois, que vos disserem para guardar guardai e fazei; Porém, não fazei de acordo com suas obras, porque dizem e não fazem.
4 Pois atam fardos pesados e dificultosos de carregar, colocando-os sobre os ombros dos homens; mas não os querem mover nem mesmo com o seu próprio dedo.
5 Porém fazem toda a sua obra com o fim de serem vistos pelos homens; alargam os seus filactérios e aumentam a orla de suas vestes;
6 também amam os primeiros lugares nos banquetes e os primeiros assentos nas sinagogas,
7 as saudações nas praças e serem chamados pelos homens: "Mestre! Mestre!"
8 Vós, no entanto, não sereis chamados de mestres, pois somente um é o vosso mestre, o Cristo. Todos vós, porém, sois irmãos.
9 E não chameis a ninguém de pai sobre a terra; pois um só é o vosso pai que está nos céus.
10 Nem chameis a ninguém de guia, pois um só é o vosso guia, o Cristo.
11 Mas o que for o maior entre vós seja o vosso serviçal.
12 Aquele que engrandece a si mesmo será humilhado, e o que humilha a si mesmo será exaltado.
13 Ai de vós, escribas e fariseus hipócritas, porque trancais o Reino dos Céus diante dos homens! Vós mesmos não entrais nem aos que se aproximam permitem que entrem!
14 Ai de vós escribas e fariseus hipócritas, porque devorais as casas das viúvas aparentando fazer longas orações! Por este motivo recebereis copioso juízo.
15 Ai de vós escribas e fariseus hipócritas, porque contornais o mar e a terra para fazer um só prosélito, e quando ele assim se torna o fazeis duas vezes mais filho do inferno do que vós mesmos!
16 Ai de vós guias de cegos, os quais dizem: "Aquele que jurar pelo santuário, nada é; aquele porém que jurar pelo ouro do santuário, fica devedor."
17 Idiotas e cegos! Quem é maior: O ouro ou o santuário que santifica o ouro?
18 E: "Aquele que jurar pelo altar, nada é; aquele porém que jurar pela oferenda que está sobre ele, fica devedor."
19 Idiotas e cegos! Quem é maior: A oferenda ou o altar que santifica a oferenda?
20 Aquele, pois, que jura pelo altar jura por ele e por tudo o que está sobre ele;
21 E o que jura pelo santuário jura por ele e por Aquele que habita nele.
22 E o que jura pelo céu jura pelo trono de Deus e por Aquele que está assentado sobre ele.
23 Ai de vós, escribas e fariseus hipócritas, porque dais o dízimo da menta, do endro e do cominho e desprezais o fardo da lei, o juízo, a misericórdia e a fé! Tudo isto é necessário fazer, sem descuidar daquilo.
24 Guias de cegos, que coais o mosquito e engolis o camelo!
25 Ai de vós escribas e fariseus hipócritas, porque limpais a parte externa do copo e do prato, mas por dentro eles estão repletos de rapinas e devassidões!
26 Fariseu cego! Limpa primeiro a parte interna do copo e do prato, para que fiquem também os seus lados externos limpos.
27 Ai de vós, escribas e fariseus hipócritas que vos assemelhais à sepulcros pintados de branco, os quais por fora aparecem apropriados, porém, por dentro, estão cheios de ossos de mortos e de toda impureza;
28 Assim também vós, por fora, apareceis aos homens como justos, mas por dentro estais cheios de hipocrisias e iniquidades.
29 Ai de vós, escribas e fariseus hipócritas, porque construís os sepulcros dos profetas e enfeitais os túmulos dos justos,
30 e dizeis: "Se tivéssemos vivido nos dias de nossos pais não seríamos cúmplices deles no sangue dos profetas!"
31 Desta maneira, testemunhais para vós mesmos que sois filhos dos que assassinaram os profetas.
32 Também vós completastes a medida de vossos pais.
33 Serpentes, crias de víboras! Como escapareis do juízo do inferno?
34 Por este motivo eis que vos envio profetas, sábios e escribas; a alguns deles matareis e crucificareis, a outros açoitareis nas vossas sinagogas e perseguireis de cidade em cidade;
35 para que venha sobre vós todo sangue de justos derramado sobre a terra, desde o sangue do justo Abel até o sangue de Zacarias, filho de Baraquias, os quais assassinastes entre o templo e o altar.
36 Em verdade vos digo: todas estas coisas sobrevirão à esta geração.
37 Jerusalém, Jerusalém! Que mata os profetas e apedreja os que lhe são enviados! Quantas vezes quis ajuntar os teus filhos da maneira como ajunta a galinha os seus pintinhos sobre as asas, e não o quisestes!
38 Eis que a tua casa será abandonada, deserta!
39 Digo-vos portanto: não mais me vereis, desde agora até que venhais a dizer: Bendito o que vem em nome do Senhor!"

Nenhum comentário: