INÍCIO BÍBLIA ONLINE SNT SEPTUAGINTA NOVO TESTAMENTO
AUXÍLIOS BÍBLICOS DICIONÁRIO BÍBLICO TERMOS DE USO
SEPTUAGINTA EM PORTUGUÊS - PDF - Atualizada em 06/07/2019

quinta-feira, 21 de abril de 2016

Mateus - Capítulo 1

1 Livro da Genealogia de Jesus Cristo, filho de Daví, filho de Abraão.
2 Abraão gerou a Isaque e Isaque gerou a Jacó; Jacó gerou a Judá e aos seus irmãos;
3 Judá gerou a Perez e a Zerá, de Tamar; Perez gerou a Esrom, Esrom gerou a Arão,
4 Arão gerou a Aminadabe, Aminadabe gerou a Naassom, Naassom gerou a Salmom
5 e Salmom gerou a Boaz, de Raabe; Boaz gerou a Obede, de Rute, e Obede gerou a Jessé;
6 Jessé gerou ao rei Davi e o rei Davi gerou a Salomão, da que era mulher de Urias;
7 Salomão gerou a Roboão, Roboão gerou a Abia, Abia gerou a Asa,
8 Asa gerou a Josafá, Josafá gerou a Jorão, Jorão gerou a Uzias,
9 Uzias gerou a Jotão, Jotão gerou a Acaz, Acaz gerou a Ezequias,
10 Ezequias gerou a Manassés, Manassés gerou a Amom, Amom gerou a Josias
11 e Josias gerou a Jeconias e aos seus irmãos, no tempo da deportação para a Babilônia;
12 após a deportação para a Babilônia Jeconias gerou a Salatiel e Salatiel gerou a Zorobabel;
13 Zorobabel gerou a Abiúde, Abiúde gerou a Eliaquim, Eliaquim gerou a Azor,
14 Azor gerou a Sadoque, Sadoque gerou a Aquim, Aquim gerou a Eliúde,
15 Eliúde gerou a Eleazar, Eleazar gerou a Matã, Matã gerou a Jacó
16 e Jacó gerou a José, marido de Maria, da qual foi gerado Jesus, chamado "o Cristo."
17 Todas as gerações desde Abraão até Daví foram quatorze gerações, e desde Daví até a deportação para a Babilônia quatorze gerações, e desde a deportação para a Babilônia até o Cristo quatorze gerações.
18 A geração de Jesus foi desta maneira: estando Maria, sua mãe, comprometida com José, antes de eles se ajuntarem achou-se grávida do Espírito Santo.
19 Mas José, seu marido, sendo um homem justo e não querendo difamá-la, pensou em desobrigá-la, discretamente.
20 Pensando ele nisto, eis que um anjo do Senhor, em sonho, apareceu-lhe dizendo: "José, filho de Davi, não temas receber Maria, tua esposa, pois o que nela foi gerado é do Espírito Santo.
21 Dará à luz um filho e chamar-se-á o seu nome Jesus; ele salvará seu povo dos seus pecados.
22 Isto aconteceu para que se cumprisse o que está escrito pelo Senhor através do profeta, dizendo:
23 "Eis que uma virgem está grávida, e dará à luz um filho, e chamarão o seu nome Emanuel, que traduzido significa "Deus entre nós.""
24 Acordando José do sonho fez como lhe ordenara o anjo do Senhor, recebendo sua esposa.
25 E não teve relações com ela até que lhe nasceu o filho primogênito; e chamou o seu nome Jesus.

Um comentário:

Betho disse...

"desobrigá-la discretamente", perfeita tradução, no sentido de preserva-la, desde que o José, considerava a possibilidade do embrião em a Virgem Maria ter sido gerado pelo o anjo, de gênero masculino e sendo justo, não intentou cometer adultério contra as dignidades celestiais, ainda que sendo noivo e futuro esposo, aprendeu a obediência, no que foi salvo por sua condutá de fé, indo o anjo a ele, o qual asseverou que o embrião gerado é pelo Espírito, o santo, de gênero neutro em Grego e feminino em Hebraico, portanto, legalmente no direito moisaico, não há como existir adultério, portanto José casou-se com a Virgem Maria. Não desejo ser inoportuno, quero contribuir, espero a vossa aprovação. Paz em Cristo, o Salvador.